Publicações e artigos relacionados









Mensagem/crítica do escritor José Luís Peixoto ao texto "Tudo o que é especial um dia deixará de o ser(?)"

Mensagem: 
"Olá,

acabei agora mesmo de ler o teu texto. Pareceu-me demonstrativo de potencial. Gostei de vários aspectos. Gostei, por exemplo, deste narratário na segunda pessoa do singular, ou seja, deste "tu" a quem o narrador se dirige. Pareceu-me que essa forma, que facilmente poderia ser uma fonte de artificialidade, é aqui gerida com muita agilidade.Este é, aliás, um bom adjectivo para o texto: ágil. 
Para lá deste concurso, desejo-te sorte na escrita.

Tudo de bom,
JLP"







               





Crónicas na revista Algarve Mais (2013)

Janeiro/Fevereiro: Dois mil e treze



Sem comentários:

Enviar um comentário