sábado, 18 de junho de 2011

Letras de Músicas

Amor numa garrafa


Num bar te encontrei
Num bar te perdi
No meio das garrafas
Cheias de vício de ti
Hoje cada gota
Torna a saudade dormente
Afogando-me as mágoas
Num copo de água ardente
Agora o fígado acompanha
O que me resta do coração
Amar-te foi um passo
Que dei em vão
O caminho era a direito
Mas consegui me perder
Um mar de vinho
Que não consegui vencer
A vida era uma festa
Quando olhavas para mim:
“Só mais um copo,
A garrafa está no fim”
O teu olhar desdenhoso
Da minha postura torta
Dez lamúrias por gole
Até chegares à porta
Perdi-te para o whisky
Perdi-te para o gin
Amar é uma virtude
Que falta em mim
A cada gota uma facada
No teu coração
Amar-me foi um passo
Que deste em vão
Não me olhes atrás das lágrimas
Que eu não entendo o que sinto
A tua tristeza é mais letal
Que uma garrafa de absinto
E a ressaca do teu corpo
Mata o que resta de mim:
“Não te vás embora,
A garrafa está no fim”

PedRodrigues

Sem comentários:

Enviar um comentário