sábado, 8 de outubro de 2016

Amo-te e odeio-te, C.


Amo-te e odeio-te. Não sei se ao mesmo tempo. Não sei se com a mesma intensidade. Não sei. Sei que odeio pensar em ti. Sei que odeio ver-te. Sei que odeio desejar-te. Sei que odeio as voltas que o meu corpo dá para tentar não pertencer-te. Odeio voltar ao início. Odeio que os nossos caminhos se cruzem por termos os mesmos amigos, por termos construído rotinas juntos. Odeio os teus beijos. Odeio a forma como ainda me olhas às escondidas, julgando que não estou a ver. Odeio o eco da tua voz. Odeio as palavras que dizes. Odeio as sapatilhas de edição especial que compraste nos anos. Odeio a forma sorrateira como tentas fingir que não existo. Odeio que inventes barreiras. Odeio que me tentes apagar e ao mesmo tempo manter os meus traços vivos. Mas amo todas as opções anteriores. Amo o teu sorriso de menina. Amo os trejeitos do teu rosto quando não sabes que fazer. Amo a forma como tentas acompanhar as músicas. Amo que desafines. Amo o brilho genuíno do teu olhar. Amo os teus lábios destacados pelo aparelho. Amo a tua vontade. Amo a tua insatisfação com tudo e com todos. Amo a forma como corriges erros corriqueiros. Amo os teus cabelos lisos. Amo a forma como fazes do preto uma cor alegre. Amo tudo em ti. Amo e odeio. É estranho. Amo e odeio. Por mais que tente afastar-te, não deixo de te aproximar de mim.

 

PedRodrigues

2 comentários:

  1. Cara, tem uma tal de Graça Oliveira, uma senhora de oculos, ( de Portugal), e uma outra do Brasil (são amigas).Bruna Sabrina T.Anunciação.
    As duas seguem tua página é teu Instagram...Ela estão espalhando que vc é homossexual.Já fizeram isto comigo.Bloqueie.

    João T.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que conversa mais idiota! Fico abismada com tamanha cusquice! Qual a importância da orientação sexual? Bloqueie? Arranje vida própria! Que gentinha mais intriguista!

      Eliminar