sexta-feira, 29 de julho de 2016

Na mesa do café

Dentro dos copos
a cerveja borbulha até à espuma.
Atrás dos óculos, os teus olhos
escondem lágrimas antigas.
A mesa do café parece um filme
policial: 
a tua mão
teima em fugir-me e eu teimo em 
persegui-la.
Fica sabendo, amor,  que
no fim o polícia agarra sempre 
o ladrão.


PedRodrigues

Sem comentários:

Enviar um comentário