quinta-feira, 14 de julho de 2016

Onde começam os mexericos

Não satisfeita com a sua vida, começou a procurar falhas em vidas alheias.
Talvez porque seja mais fácil apontar os erros dos outros, que lidar com os que cometemos. Talvez porque seja mais fácil procurar uma distânica de segurança: apontar ao longe o  naufrágio, mesmo estando o nosso barco a meter água. Talvez porque apregoar a individualidade, a diferença, a supremacia, seja muito bonito, mas é mais fácil esconder as inseguranças no quintal da vizinha. Talvez porque seja mais fácil fugir a sete pés, que encarar a dureza da realidade. Talvez porque seja mais fácil pisar os outros, que encontrar razões para nos elevarmos. Talvez porque o medo fale mais alto, e a coragem não nasça em plantas rasteiras. Talvez porque a vida seja difícil, e se procure a saída mais fácil. Talvez porque seja mais fácil invejar, que ser feliz com o que se tem. Talvez.
Não satisfeita com a sua vida, resolveu mudar.

PedRodrigues

Sem comentários:

Enviar um comentário